Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

degrowth_conference_budapest_2016Budapeste vai presidir à 5a Conferência Internacional de Decrescimento a decorrer na Universidade de Corvinus (de 30 de Agosto a 3 de Setembro de 2016). A conferência pretende estabelecer pontes de dialogo entre os pensadores mais visiveis da atualidade no campo do decrescimento, o mundo académico e audiencias participativas na Hungria e região envolvente. Igualmente, Budapeste será a anfitriã da primeira Semana do Decrescimento, que irá contar com inúmeros ativistas do decrescimento, praticantes e legisladores.

O Decrescimento é um movimento que recorda que o crescimento infinito num planeta finito não é sustentável e muito menos desejável. O Decrescimento desconstrói o mito de que crescimento é a solução central para o impasse em que se encontra a nossa sociedade, tentando compreender a convergência de crises que temos vivido e argumentando sobre a interligação destas crises. O movimento de Decrescimento tenta construir caminhos serenos e democráticos rumo a uma justiça ambiental mais social, bem-estar, vidas mais significativas, emancipação, convivência e autonomia.

Budapeste vai presidir à 5a Conferência Internacional de Descrescimento nos dias 30 de Agosto a 3 de Setembro de 2016. Depois de Paris em 2008, Barcelona em 2010, Veneza em 2012 e Leipzig em 2014, a conferência, que se foca na sustentabilidade ecológica e igualdade social, acontecerá na Universidade de Corvinus em Budapeste. Em primeiro lugar, a conferência é o ponto de encontro para proeminentes investigadores vindos de todo o Mundo. A cada dois anos este encontro promove uma base para que sejam discutidos os mais recentes desenvolvimentos neste novo campo de investigação interdisciplinar. Os investigadores focam-se em questões relacionadas com a transgressão dos limites ambientais e sobre a falha na infra-estrutura económica em promover uma existência digna em sociedade. A comunidade cientifica também interage com os praticantes durante a conferência visando articular alternativas viáveis para o modelo socio-económico vigente.

No âmbito desta conferência, existirá um espaço para o público em geral. Budapeste será palco de uma nova iniciativa, chamada Semana do Decrescimento, na qual será criada uma nova plataforma para atividades práticas e workshops, parcerias com iniciativas locais, discussões participativas e debates com um círculo mais amplo de partes interessadas, havendo igualmente programas culturais, artísticos e criativos por toda cidade. Durante a primavera de 2016, o grande público será convidado a ajudar os organizadores a criar os eventos da Semana do Decrescimento.

Decrescimento não é algo novo na Hungria. A conferência vai realçar o trabalho do notável pensador Húngaro Karl Polanyi e do seu trabalho “A Grande Transformação”. Somando a este trabalho fundamental, o decrescimento re-entrou na Hungria em 2011 com a tradução para húngaro do livro de Serge Latouche “Farewell to Growth”. Desde então, o decrescimento tem sido alvo de discussões apaixonadas na Hungria com a publicação de vários livros, artigos, e com a organização de várias discussões públicas e workshops.

O Decrescimento é tambem uma influencia no desenvolvimento de práticas locais como a Cyclomania e a Cargomania.

Junte-se a nós em Budapeste.
Equipa da organização da Conferência de Descrescimento em Budapeste.
http://budapest.degrowth.org/
contact@budapest-degrowth.org

Princípios estabelecidos na Conferência

A Conferência de Decrescimento de 2016 em Budapeste representa uma oportunidade única para reunir centenas de estudiosos, profissionais, cidadãos locais e voluntários em um ponto de encontro comum de maneira a permitir que esta massa crítica de entusiastas possa criar uma rede positiva de benefícios para a comunidade local. A equipe de organização tem trabalhado diligentemente para organizar o programa da conferência guiado pelos princípios do Decrescimento, enquanto se esforça para garantir que o procedimento represente um exemplo significativo de “Decrescimento na Prática.” O planejamento e implementação dos programas e das atividades da conferência irá representar coletivamente a consciência ambiental e social, a troca de convivência intelectual, a capacidade humana e a cooperação respeitosa.

principles 2 new high res

 

SUSTENTABILIDADE

Recursos locais

Os recursos locais, desde o fornecimento de alimentos até as iniciativas , serão integrados na preparação e na execução da conferência, juntamente com o objectivo de apoiar ambientalmente e socialmente empresas conscientes. Os alimentos e bebidas serão diretamente provenientes de diversos produtores locais e se fará uso de parcerias desenvolvidas com grupos cívicos relevantes que representam e compartilham valores de Decrescimento . Especialistas locais , ativistas e profissionais estão envolvidos na preparação e na organização da conferência, em grande medida, numa base voluntária afim de expandi-la.

A conferência como um trampolim

Um aspecto importante é que a conferência não deve ser considerada um momento fugaz, onde os hóspedes se reúnem por uma semana , apenas partindo individualmente e perdendo o espírito coletivo, mas sim um bloco de construção no sentido de mais trabalho e da cooperação. É por isso que a conferência de Budapeste será organizada de forma que envolva extensas atividades preparatórias no contexto do nível regional, enquanto, ao mesmo tempo, abra espaço para o planejamento e o debate de outras atividades entre os participantes. A conferência está prevista para ser um trampolim , no mínimo regional, se não global,  para a implementação de atividades de decrescimento em todos os níveis.

ECONOMIA DA RECIPROCIDADE

Uma grande parte dos custos de conferências será coberto através da economia de reciprocidade e de doações voluntárias em espécie . Será dada prioridade à criatividade , reciclagem e à partilha. A conferência também irá envolver grupos de apoio e alternativas que compartilham os ideais de decrescimento .

ÁRVORES NATIVAS FRUTÍFERAS

Durante a conferência, como um meio de promoção de comportamentos ambientalmente responsáveis, e , mantendo em mente as emissões de carbono resultantes de atividades da conferência, será oferecida aos participantes a oportunidade de contribuir na base da doação para um fundo que apoia a compra de árvores frutíferas nativas . A equipe de organização irá utilizar fundos de apoio para comprar árvores frutíferas nativas de um viveiro local dedicado a preservar as variedades locais. As árvores serão plantadas em instituições locais de ensino, jardins comunitários e espaços cívicos que lidam com projecto destinados a ajudar as pessoas desfavorecidas. Árvores frutíferas nativas serão escolhidas por seus benefícios ambientais e sua capacidade de gerar frutos de valor para as pessoas em sua localização. Esta ação não é um regime de compensação, mas um esforço voluntário e comunitário para assumir a responsabilidade e contribuir para a proliferação de árvores frutíferas no campo húngaro. A equipe de conferência irá depois apresentar um relatório com as imagens que documentem o plantio de árvores.

MINIMIZAÇÃO DO USO DE RECURSOS

A conferência irá trabalhar no sentido de utilizar a menor quantidade de recursos possível. Materiais de impressão para a conferência será limitado ao programa da conferência. Não iremos distribuir presentes desnecessários de conferências, folhetos ou materiais do programa. Os participantes serão convidados a utilizar apenas copos e utensílios reutilizáveis, e os fornecedores de alimentos e bebidas também serão selecionados com base na capacidade de servir refeições e bebidas sem desperdício. A organização local em defesa da redução de resíduos irá fornecer assistência técnica para a organização de estratégias de prevenção de resíduos, que serão postas em prática durante a conferência.

TRANSPORTE E ACESSO

Budapeste, devido à sua localização central na Europa, é fácil de chegar de trem ou de carro. Também é possível chegar de bicicleta ou até mesmo pelo Danúbio a partir Europa Ocidental e Oriental. Os organizadores da conferência de decrescimento encorajam todos os participantes a viajar para a conferência da forma mais ambientalmente amigável possível, por exemplo, de trem ou através de viagens de grupo. Transportes públicos em Budapeste são eficientes e existe uma extensa rede de ciclovias, juntamente com uma rede de compartilhamento de bicicletas na cidade. Os participantes da conferência serão capazes de utilizar ambos. Um sistema de partilha de bicicletas será proposto aos participantes. Para transmitir a conferência para muitos locais diferentes ao redor do mundo sem causar a necessidade de viajar, haverá transmissão na web das principais palestras e os movimentos do decrescimento locais serão convidados a organizar eventos locais em paralelo à conferência. As entregas dentro da cidade serão feitas, tanto quanto possível de bicicleta e de bike-trolleys. As oportunidades de partilha de boleias serão anunciadas na secção de transportes do site da conferência para ajudar os participantes que não podem usar o transporte público para chegar a Budapeste, e que viajam em grupos. Os participantes são encorajados a comparar o impacto de voar e de viajar de trem para obter uma melhor compreensão de opções de viagem de impacto inferior: <http://www.ecopassanger.org.>

SUBCONTRATOS E PROVEDORES DE SERVIÇO

Para o processo de preparação da conferência e para a própria conferência estamos selecionando empreiteiras e outros fornecedores de serviços ( por exemplo, de restauração ) com base no mérito ambiental e social. Isto significa, de entre outras coisas, que estamos dando prioridade às organizações locais, bem como às organizações que operam através de sistema de gestão ambiental ativa. A prioridade é dada aos parceiros e às organizações de apoio que buscam a solidariedade, ecologia e que têm objetivos emancipatórios.

JUSTIÇA, EQUIDADE E IGUALDADE DE ACESSO

COMPOSIÇÃO DAS PALESTRAS PRINCIPAIS E DAS OUTRAS FALA

A composição dos painéis de plenário terá em atenção (para além do equilíbrio geográfico e de gênero) para a manutenção de um equilíbrio entre as palestras de “notáveis ​​e de visíveis” , de especialistas locais/regionais e de pensadores.

ACESSO LIVRE

Particular atenção será dada às relações inter geracionais e também para o envolvimento das pessoas socialmente desfavorecidas (ONGs e organizações civis que lidam com as relações inter geracionais ,pessoas em situação de sem-abrigo e pessoas marginalizadas) . A taxa de inscrição foi concebida de modo a permitir que pessoas com diferentes rendas possam participar. Além disso, estamos oferecendo financiamento para um número limitado de participantes que não têm os meios para participar de outra forma. Para incentivar a participação ativa e para assegurar que aqueles que não podem pagar para participar da conferência por várias razões ainda possam fazê-lo de alguma forma, o programa foi concebido de modo que mesmo aqueles que não possam participar presencialmente na conferência ( e, portanto, não pagar a taxa ) possam participar em eventos no período da tarde e ouvir as apresentações principais da noite e a discussão.

IGUALDADE DE GÊNERO

A composição dos oradores será consciente em relação ao equilíbrio de gênero. Também na composição dos blocos de construção do programa (sessões especiais e de tempo livre auto-organizado) o equilíbrio de gênero será priorizado. Na organização da conferência distribuímos responsabilidades conscientes a partir das implicações de gênero (coordenadores masculinos e femininos, porta-vozes , etc.) Faremos o possível para trazer uma linguagem sensível ao gênero em todos os nossos documentos.

DIVERSIDADE

A conferência está se esforçando para envolver um amplo leque de atores , bem como permitir uma diversidade de opções no programa. Por exemplo, diferentes parceiros serão envolvidos a cada dia , a fim de cooperar com múltiplos parceiros e apoiar diferentes grupos ( doações vão diretamente para os grupos , com base nos modelos de sucesso estabelecidas pelos coletivos da comunidade e defensores dos alimentos conscientes que trabalham em mercados locais em Budapeste. Opções de comida e de alojamento serão fornecidos para uma ampla gama de necessidades (de alojamento em edifícios ocupados até engajamento em centros  sociais alternativos – bares- ruína e cafés cívicos). Iremos oferecer comida vegan, orgânica, sazonal e  comidas regionais preparadas por cozinheiros experientes e voluntários trabalhando em uníssono. Para permitir que  pessoas com crianças a participar da conferência tentaremos fornecer uma estrutura de acolhimento com o melhor nível possível, com a intenção de manter um ambiente familiar amigável e acolhedor.

ABERTURA E LINHAS VERMELHAS

A comissão organizadora da conferência rejeita qualquer tipo de discurso de ódio, discriminação, xenofobia ou de racismo. A conferência é organizada com base no princípio da livre relocalização, de multilinguismo , multiculturalismo , tolerância e diálogo. Diálogos entre Norte / Sul e Leste / Oeste são o coração da conferência. Além disso, serão feitos esforços para traduzir o texto e informação em tantas línguas quanto possível, mesmo que a ferramenta de comunicação central seja o “Inglês internacional”.

AUTO-ORGANIZAÇÃO DEMOCRÁTICA E RESPONSÁVEL

NO PROCESSO DE DECISÃO PARTICIPADA

Na preparação da conferência as decisões estão sendo feitas através da utilização de estratégias de tomada de decisões participativas. Todos os organizadores são convidados a expressar a sua opinião e pensamentos , e as decisões são tomadas em conjunto, com base no consenso.

AUTO-ORGANIZAÇÃO

A conferência vai abrir espaço para debates em painéis auto-organizados durante a conferência, através dos quais os participantes poderão convidar oradores particulares ou correspondentes para participar nos painéis de debate sobre temas espontâneos. Quartos, organização e promoção serão providenciados pelo programa e equipes de organização. Participantes serão convidados a participar na preparação e distribuição de comidas e bebidas.

VOLUNTARIADO

Embora a conferência seja assistida por numerosos voluntários locais e internacionais previamente cadastrados , oportunidades de voluntariado para os participantes da conferência também serão comunicadas. Uma necessidade especial é esperada para a preparação e distribuição de refeições que ocorrem dentro das instalações para conferências.

COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA

A comunicação durante a preparação da conferência – tanto dentro da equipe organizadora quanto com a externa – segue o princípio da comunicação não-violenta. A comunicação não-violenta vai ser praticada durante todo o processo de conferência. Comunicação aberta é e continuará a ser usada para resolver qualquer tensão.

ACESSO GRATUITO AO CONHECIMENTO

Todas as sessões plenárias e palestras à noite serão transmitidas on-line (cobertura streaming) . Uma plataforma online de mídia social será usada para distribuir informação. Será organizada uma livraria sobre decrescimento com apresentações de livros. A conferência será em Inglês e em Húngaro, para permitir a participação local. Será estabelecido um arquivo  e mantido após a conferência com todos os materiais da conferência.

PARTICIPAÇÃO REGIONAL NA ORGANIZAÇÃO

A estrutura da organização é baseada em organização regional. Enquanto conferências anteriores ligavam sobretudo organizações nacionais, a conferência de Budapeste envolve organizações de dentro da região , principalmente áreas do Sudeste da Europa Central e Oriental. Os organizadores estão mantendo constante comunicação com a equipe de decrescimento internacional e organizadores de conferências anteriores . A conferência requer colunas visíveis , a fim de alcançar uma boa cobertura da mídia, reconhecimento e aumentar o interesse , mas este objetivo foi equilibrado com o desejo de incluir o conhecimento regionalmente disponíveis e experiência também.

CONVIVIALIDADE

EQUILÍBRIO ENTRE TRABALHO ACADÊMICO, PRÁTICA E TEMPO LIVRE

O programa da conferência reflete o princípio da convivência afim encontrar um equilíbrio entre atividades acadêmicas, práticas e de tempo-livre, com muito espaço para inovação e criatividade. Será procurado um equilíbrio entre trabalho acadêmico e de alto nível e atividades práticas, de convívio e / ou artísticas. Isto também se reflete no programa, onde as apresentações acadêmicas e sessões estão programadas para a manhã e início da tarde, seguido por atividades mais práticas, artísticas, comunais e de tempo livre no período da tarde , finalmente, fechando com plenárias abertas a todos.

EQUILÍBRIO CONCERNENTE AO TAMANHO E ESCOPO DA CONFERÊNCIA

Por um lado, o pequeno é bonito, por outro lado, há um crescente interesse pelo decrescimento , que deve ser abraçado pela conferência. É por isso que a conferência será uma mistura de sessões que visam estender a mão e abraçar o interesse pelo decrescimento (as sessões vespertinas e noturnas que serão gratuitas) e sessões providenciam um lugar focado na discussão e na troca de conhecimento (pela manhã e sessões no início da tarde).

NÃO – COMERCIALIDADE

BASES NÃO LUCRÁVEIS

A conferência não foi organizada com a intenção de obter lucro a partir de seus trabalhos. O remanescente será usado tanto para compensar voluntários das conferências, ou para apoiar projetos não-lucrativos, assim como para apoiar a Conferência de 2018. Soluções não-lucrativos e de baixo custo serão usados sempre que possível.

NÃO-COMERCIO COM OS FUNDOS

A conferência não irá aceitar quaisquer contribuições financeiras de empresas ou de organizações com fins lucrativos que estão associadas com combustíveis fósseis, indústrias extrativas, de exploração humana ou natural, ou de qualquer tipo ou de métodos de produção intensiva de capital. O financiamento só será aceite se a instituição de financiamento for compatível com todos os princípios esboçados.

FONTE ABERTA

As soluções em TI (Tecnologia da Informação) serão em grande parte baseadas na tecnologia de código aberto e com o apoio de TI ecobytes coletivos. As fontes utilizadas são fontes abertas. Todos os resumos submetidos, apresentações ou documentos serão abertos e livremente disponíveis (os participantes serão informados sobre isso). A conclusão da conferência será publicada sob a licença de creative commons.